quarta-feira, janeiro 11, 2006

Fotografar é...



“A máquina fotográfica é para mim um caderno de esboços, o instrumento da intuição e da espontaneidade, o mestre do instante que, em termos visuais, simultaneamente questiona e decide.

Para “significar” o mundo, é necessário sentir-se implicado no que destacamos através do visor. Esta atitude exige concentração, sensibilidade, um sentido da geometria. É pela economia de meios e sobretudo pelo esquecimento de si próprio que se atinge a simplicidade de expressão.

Fotografar: é reter a respiração quando todas as nossas capacidades convergem para captar a realidade fugidia; é então que a captação de uma imagem é uma grande alegria física e intelectual.

Fotografar: é no mesmo instante e numa mesma fracção de segundo, reconhecer um facto e a organização rigorosa das formas visualmente apercebidas que exprimem e significam esse facto.

É por no mesmo ponto de mira, a cabeça, o olho e o coração. É uma maneira de viver!”

Henri Cartier-Bresson

1 Comments:

Blogger Azrael Angel said...

as palavras de um mestre.

11:19 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home